JOÃO SIMÕES PARTICIPA DO 90º ENCONTRO DE PRESIDENTES NO PIAUÍ

O presidente do tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador João Simões, está participando do 90º Encontro do Colégio de Presidentes, que vem sendo realizado no Estado do Piauí, desde a última quinta-feira e encerrou nesta sexta-feira.

Durante a abertura, no auditório do Tribunal do Piauí, o presidente do Colégio Nacional de Presidentes, desembargador Marcus Faver, dirigiu-se aos presentes enfatizando a necessidade do fortalecimento do Judiciário brasileiro, resgatando a ativa participação dos magistrados na vida social e política do país. O presidente do TJPI, Edvaldo Pereira, pronunciou-se na sequência, sem sair da ênfase à necessidade de um recrudescimento nas atitudes do Poder Judiciário, com o intuito de salvaguardar o Estado Democrático de Direito.

O governador Wilson Martins em seu pronunciamento elogiou o esforço dos tribunais regionais em realizar uma troca de experiências, proporcionando um nivelamento de ideias e mantendo-se em consonante frente a assuntos relevantes do cotidiano do Brasil. Wilson Martins citou ainda o Judiciário como importante parceiro do Poder Executivo, citando como exemplo a guerra fiscal contra a evasão de impostos.

O Encontro foi aberto pelo presidente do TJPI, desembargador Edvaldo Pereira de Moura, pela corregedora geral de Justiça, desembargadora Eulália Maria Ribeiro Gonçalves do Nascimento Pinheiro e pelo presidente do Colégio Nacional de Presidentes, desembargador Marcus Faver (TJRJ).

Após a composição da mesa, com a presença do governador Wilson Martins, do prefeito Elmano Ferrer, do deputado Themístocles Filho, presidente da Assembleia e demais autoridades, um coral de vaqueiros da cidade de União (54 km de Teresina) entoou o hino nacional e um rápido cancioneiro de músicas sertanejas.

LEMBRANDO PATRÍCIA ACIOLI

Ainda na cerimônia presidentes dos Tribunais de São Paulo (Ivan Sartori), MG (Cláudio Costa), SE (José Alves Neto), PE (José Fernandes de Lemos), o desembargador Nagib Slaib Filho (RJ) e o presidente da Associação dos Magistrados do Brasil-AMB, Nelson Calandra foram agraciados com o Colar do Mérito Judiciário. Marcus faver também recebeu, junto com o presidente da Escola Superior de Magistratura de Tocantins, Marco Villas Boas, a medalha “Alvaro Mota”, da ESMEPI. Das mãos do governador Wilson Martins, o desembargador Marcus Faver recebeu o Mérito Renascença, do Governo do Estado. Falando em nome dos homenageados, Nelson Calandra emocionou a todos ao rememorar o caso da juíza carioca Patrícia Acioli, morta por combater interesses do crime organizado.

O coral Vox Justitia fez o encerramento da cerimônia com números de Bumba-Meu-Boi e o hino do Piauí. Por último, o desembargador Edvaldo Moura acompanhou ao violão sua filha Vitória na canção “Amigos para Sempre”, a qual entabulou como “o hino do Colégio de Presidentes”.

O 90º Colégio de Presidentes seguiu por toda a sexta-feira, 27.01, no Metropolitan Hotel. Ao final, os participantes entregaram documento entitulado “Carta de Teresina”.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *