Ari Moutinho monta estratégia para ouvir comarcas do interior

Coordenador das comarcas do interior, desembargador Ari Jorge Moutinho já montou a estratégia para suprir as necessidades e tentar administrar os problemas do Judiciário nos municípios do Amazonas: vai visitar todas as comarcas consideradas polos e participar diretamente de reuniões com os magistrados.

A informação foi divulgada pelo desembargador durante entrevista coletiva à imprensa de Parintins, logo após o encerramento do Curso de Capacitação dos Servidores das Comarcas do Interior, que foi realizado na ilha do boi bumbá.

— Nessa reunião vou tentar conscientizá-los para que cada um exerça bem e fielmente a sua função, com dedicação e procurando desenvolver o melhor trabalho para oferecer ao jurisdicionado aquilo que é o sonho de todos nós: a boa prestação jurisdicional – disse o magistrado.

Perguntado se o TJAM já havia resolvido seu problema financeiro, que ameaça desativar 36 comarcas do interior, o desembargador respondeu que “orçamento é uma matéria que diz respeito à presidência do Tribunal, mas todos nós sabemos – até porque isso já foi divulgado – que realmente esse problema já foi superado”.

Ari Moutinho também foi questionado sobre a convocação de juízes do interior para a capital, o que acaba desfalcando comarcas. Sobre isso ele voltou a responder que a questão de convocação de um juiz é “um ato privativo do presidente do TJAM”.

O desembargador admitiu que existe uma carência de juízes nas comarcas do interior, mas adiantou que o presidente João Simões está organizando o Judiciário e irá realizar o concurso público para preenchimento das vagas existentes tanto no interior quanto na capital. “Quem designa juiz é o presidente do Tribunal. Eu vou levar a ele algumas sugestões, mas eu não posso dizer que vou convocar um juiz de uma comarca ou de outra. O problema existe, mas aqui em Parintins, ao meu entendimento, não tem problema. São três juízes que estão domiciliados aqui”, garantiu Ari Moutinho.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *