Reunião discute necessidade de aprimorar inquérito policial

Em desdobramento à reunião ocorrida no dia 26/05, a desembargadora Encarnação das Graças Sampaio Salgado, Coordenadora das Varas Criminais da Capital, esteve reunida hoje, 02/06, na sala de reuniões do Fórum Ministro Henoch Reis, com os juízes de direito Carlos Alberto Barbosa da Silva; Jaime Artur Santoro Loureiro; Anagali Marcon Bertazzo; Eulinete Melo Silva Tribuzy; Henrique Veiga Lima; Margareth Rose Cruz Hoagen; Careen Aguiar Fernandes; Carlos Zamith de Oliveira Júnior, da Varas Criminais; Mauro Moraes Antony e Julião Lemos Sobral Júnior, das Varas de Enterpecentes; a Dr.ª Mirza Telma de Oliveira Cunha, do Tribunal do Júri; e com a Dr.ª Luíza Cristina do Nascimento da Costa Marques, da Vara de Crimes de Trânsito.

O encontro contou ainda com a presença do delegado geral da Polícia Civil do Amazonas, Dr. Mario Cesar Medeiros Nunes, que veio acompanhado da Secretária Executiva Adjunta da Secretaria de Segurança Pública, Delegada Federal Neide Alvarenga; Dr.ª Emília Ferraz, Titular da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado; Dr. Carlos Alberto de Andrade, Assessor do Delegado-Geral e da Dr.ª Akerna Corado, Chefa de gabinete do Delegado-Geral.

O objetivo da reunião foi discutir a necessidade de aprimorar o inquérito policial e de estreitar os laços entre a Polícia Civil e os juízes de direito das Varas Criminais, desenhando uma nova forma de relacionamento com a finalidade de aprimorar a comunicação entre as duas instituições, buscando sanar as dificuldades.

Em sua fala, a Desembargadora Encarnação Salgado ressaltou a importância dessa nova etapa rumo ao aprimoramento dos serviços e da celeridade processual, acrescentando que essa é mais uma forma de aproximar a justiça dos jurisdicionados.

Procurando uma aproximação com os órgãos que compõem o arcabouço jurídico da Justiça amazonense, o Dr. Mário Cesar abordou os problemas enfrentados pela Polícia Civil e da reestruturação pela qual aquele órgão vem passando sob sua administração, frisando que está em fase de elaboração um manual de rotinas onde fará constar as reivindicações feitas pelos juízes naquela reunião, pois a todos interessa a rapidez.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *