DIREITO PENAL
Justiça proíbe Globo de exibir
matéria sobre Suzane von Richthofen

2Em comunicado lido no “Fantástico”, deste domingo (25/5), os apresentadores Renata Vasconcellos e Tadeu Schmidt informaram que a TV Globo foi proibida pela Justiça de exibir uma matéria sobre Suzane von Richthofen. Ela foi condenada a 30 anos e 6 meses de prisão pela participação no assassinato dos pais Manfred e Marisia von Richthofen, em 2002, ao lado dos irmãos Cravinhos. As informações são do portal UOL.

Segundo a emissora, a decisão foi expedida pelo juiz Dácio Giraldi, do Tribunal de Justiça da Barra Funda, em São Paulo. A matéria em questão mostraria a tentativa de Suzane de ter uma pena mais branda.

A Globo informou que vai recorrer, pois “acredita na liberdade de expressão garantida pela Constituição brasileira”.

“Comece a chorar”

Em liberdade condicional, em 2006, Suzane von Richthofen concedeu uma entrevista exclusiva ao “Fantástico” em um apartamento do Morumbi, em São Paulo. Em determinado momento, Suzane recebeu orientações de como se comportar na entrevista. “Acabou. Mais nada. Começa a chorar e fala: ‘Não quero falar mais’, disse a pessoa que a orientava.

O episódio ganhou repercussão nacional.

Fonte: Última Instância

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *