Companhias aéreas serão convidadas para Campanha de combate a crimes

As companhias aéreas que operam no Brasil serão chamadas pelo Fórum Nacional de Coordenação de Ações do Poder Judiciário para a Copa das Confederações 2013 e a Copa do Mundo 2014, criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para atuarem como aliadas no enfrentamento de questões como crimes ambientais, prostituição infantil e tráfico de animais. A decisão foi tomada na primeira reunião do Comitê Executivo do Fórum nesta terça-feira (12/3), na sede do CNJ, em Brasília/DF.

“Nosso objetivo é ter essas empresas como grandes aliadas nas campanhas de comunicação que faremos junto aos turistas estrangeiros que vierem para o País participar da Copa das Confederações e da Copa do Mundo”, explicou o presidente do Fórum da Nacional da Copa, conselheiro Bruno Dantas. Segundo ele, a participação das companhias aéreas em campanhas de prevenção a crimes ajudará, sobretudo, a combater a imagem de que o Brasil é um País que aceita o turismo sexual.

O Comitê também debateu sobre os Juizados Especiais instalados nos aeroportos das cidades-sede das competições. A estimativa é de que até o fim de abril todas as localidades que sediarão os eventos já contem com Juizados Especiais em seus aeroportos. Outra linha de atuação do fórum é a estratégia de enfrentamento à venda de ingressos de forma ilícita, infração que envolve os chamados cambistas. As sugestões ainda serão amadurecidas em outros debates e levadas posteriormente à Fifa.

Comitê – O Fórum Nacional de Coordenação de Ações do Poder Judiciário para a Copa das Confederações 2013 e a Copa do Mundo 2014 é dividido em três grupos: grupo de trabalho (GT) da Justiça Estadual, GT da Justiça Federal e GT da Justiça do Trabalho. Cada um tem coordenador com assento no Comitê Executivo. Na reunião desta terça-feira, participaram a juíza auxiliar da Corregedoria do CNJ Mariella Ferraz, que coordena o GT da Justiça Estadual; o desembargador Nelson Tomás Braga, coordenador do GT da Justiça do Trabalho; e o juiz federal Alexandre Vidigal, vice-coordenador do GT da Justiça Federal.

A próxima reunião do Comitê Executivo está marcada para 9 de abril, quando os coordenadores dos GTs apresentarão os debates feitos em seus respetivos grupos. 

Fifa e CBF – Na última segunda-feira (11/3), o Comitê Executivo do Fórum teve o primeiro encontro oficial com a International Federation of Association Football (Fifa) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), instituições organizadoras das Copas das Confederações e do Mundo. O encontro teve como pauta apresentar o trabalho do fórum e tratar dos espaços físicos que o grupo terá em cada estádio que sediará jogos das competições. “Já está acertado que o fórum terá um espaço para auxiliar no atendimento aos cidadãos. Tanto a CBF quanto a FIFA foram muito receptivas ao nosso projeto e essa parceria será muito boa para todos”, declarou Dantas.

O encontro entre Fifa, CBF e Fórum da Nacional da Copa do Poder Judiciário ocorreu na Federação Paulista de Futebol, em São Paulo, e teve a participação do presidente da CBF, José Maria Marin, do representante da Fifa Marco Polo Del Nero, do representante do Ministério dos Esportes Paulo Castilho, do presidente do Fórum da Copa, conselheiro do CNJ Bruno Dantas, da juíza Mariella Ferraz e do desembargador Nelson Tomas Braga.

Waleiska Fernandes
Agência CNJ de Notícias

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *