Corregedora remove servidores de gabinetes de
desembargadores para atuar no Primeiro Grau

16026348243_3a52cfe853_oCinco servidores de cada gabinete serão remanejados, cuja função será reforçar o trabalho de juízes 

Por determinação da ministra Nancy Andrighi, corregedora nacional de Justiça, em portaria assinada na última segunda-feira, dia 4, servidores que trabalham nos gabinetes de desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) serão  deslocados para atuar na primeira instância, entre 1º de junho e 10 de dezembro deste ano. Cinco servidores de cada gabinete serão remanejados, cuja função será reforçar o trabalho de juízes.

A corregedora nacional estabeleceu, ainda, o deslocamento temporário de 20% dos servidores em exercício na secretaria do tribunal, na vice-presidência e na corregedoria-geral do TJBA. A indicação caberá ao presidente, ao vice e ao corregedor-geral da corte. A corregedoria-geral do TJBA deverá, no prazo de até cinco dias úteis, fazer o plano de distribuição dos servidores no primeiro grau de jurisdição.

A portaria menciona, entre os motivos alegados para a medida, “o rendimento positivo do 2º grau do Tribunal de Justiça da Bahia” que está com o serviço atualizado, podendo “colaborar com o esforço de priorização do primeiro grau”. As informações foram publicadas no blog do jornalista Frederico Vasconcelos, da Folha de S.Paulo.

Os nomes dos servidores que serão realocados será indicado pelos desembargadores. Além de reduzir a diferença entre o número de servidores, um outro motivo alegado para a medida é o rendimento positivo dos serviços prestados pela segunda vara.

 

Foto: Raphael Alves | TJAM

 

Fonte: DIVISÃO DE IMPRENSA E DIVULGAÇÃO DO TJAM

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *