TJAM lança Jogo da Cidadania Ambiental em comemoração ao Dia das Crianças

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) lançou nesta quarta-feira (10) o Jogo da Cidadania Ambiental voltado para crianças e adolescentes com a finalidade de promover a consciência ambiental nesse público, além de ensinar, de forma lúdica, o que diz a Lei Nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, a Lei de Crimes Ambientais. Kits contendo o joguinho, carteira do “defensor da natureza” e uma revista com história em quadrinhos, editada em papel reciclado, serão distribuídos entre alunos das redes municipal e estadual de ensino.

O lançamento, uma homenagem dos magistrados amazonenses ao Dia da Criança, ocorreu no Espaço da Cidadania Ambiental (Ecam) do Manauara Shopping, no Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus, com a presença de juízes, desembargadores, representantes do Estado e estudantes do do Centro Educacional Drihely Barbosa, do bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, e da Escola Municipal Pedro Dias, situada no ramal do Pau-Rosa, na estrada AM 010.
O presidente do TJAM, desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa, agradeceu a iniciativa e o esforço da equipe responsável pelo projeto, em especial o juiz auxiliar da Presidência do Tribunal e titular da Vara Especializada do Meio Ambiente e de Questões Agrárias (Vemaqa), Adalberto Carim Antonio, ressaltando que o trabalho contribuirá para a construção de uma conscientização ambiental. “Esse é mais um trabalho que engrandece as ações dessa administração e que aproxima o Judiciário da sociedade. Essas crianças vão desenvolver a sensibilidade e a conscientização sobre a importância do meio ambiente desde cedo”, comentou o presidente, que entregou um kit do joguinho para as crianças presentes no evento.
Para a gestora da Secretaria Estadual de Educação do Amazonas (Seduc), Madalena Ramos,  iniciativas como esta são fundamentais para complementar a educação das crianças. “Na escola, já são desenvolvidas atividades lúdicas envolvendo o tema, mas com esse jogo a informação sobre a importância do meio ambiente e as aplicabilidades em lei ficarão bem mais fáceis de serem assimiladas pelas nossas crianças e jovens”, enfatizou.
O método já funcionou com o estudante Thiago Leite, de 11 anos, do Centro Educacional Drihely Barbosa. Ele contou que não esperava “que fosse tão fácil aprender as leis em um jogo”. “É muito fácil aprender sobre a defesa do meio ambiente dessa forma. Eu vou brincar bastante até aprender tudo”, afirmou Thiago.
O Jogo da Cidadania Ambiental, idealizado em 2007, tem como conteúdo os artigos da Lei de Crimes Ambientais. “As crianças vão aprender brincando como preservar o meio ambiente”, disse o juiz Adalberto Carim, que ressaltou a importância de aproximar o Judiciário da sociedade como projetos como esse.
“A intenção é formar cidadãos críticos e que possam dar a verdadeira importância à preservação do meio ambiente”, destacou.
O jogo da cidadania ambiental será distribuído nas redes públicas de ensino de Manaus, neste primeiro momento, e ficarão ainda disponíveis no Espaço da Cidadania Ambiental (Ecam), no Manauara Shopping. Um outro passo do projeto é encaminhar os kits para o interior do Estado e disponibilizar o projeto na internet para que possa ser acessado por crianças e adolescentes de todo o Brasil.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *